Marconi Ribeiro, um atleta que vem marcando presença constante no mundo da magrela. Ele tem 20 anos de muitas histórias e conquistas importantes. A característica mais marcante desse atleta é a sua facilidade para escalar subidas de alto nível de dificuldade. No MTB é muito competitivo devido a sua ativa habilidade.
A Equipe NoisPedala, conversou com esse atleta que abriu um pouco conosco para dividir o que mais marcou sua jornada até hoje e sobre quais são as perspectivas que pretende constituir ao seu futuro.

NoisPedala : Há quanto tempo pratica ciclismo?
MarconiRibeiro: Há 20 anos, mas tive duas paradas nesse período. Uma de 2 anos e uma de 3 anos. Comecei no ciclismo em 1991 em minha primeira competição.

NP: Como surgiu o ciclismo na sua vida?
MR: Sempre fui apaixonado por bicicletas. Desde moleque minha brincadeira preferida era andar de Bike. Em 1990 conheci o esporte através de amigos e entrei para nunca mais sair. A paixão virou amor.

NP: Qual é o conselho que um ciclista com sua experiência pode deixar a um jovem que queira ingressar nesse esporte?
MR: O atleta iniciante deve ter em primeiro lugar o conhecimento das necessidades de ser atleta, que é ter disciplina, determinação, foco, humildade e sabedoria para superar as dificuldades nas fases difíceis da temporada. Procurar ter sucesso de forma limpa e honesta, tanto nas disputas com seus adversários como na melhora da sua performance, procurando um profissional de Educação Física para orientar sua trajetória.

NP: Se pudesse escolher um momento em toda sua carreira para voltar a viver, qual seria?
MR: Voltaria na época que eu era Sub-23 pela equipe Specialized, onde fui 2 anos consecutivos convocado através de seletivas do Campeonato Brasileiro. Onde tenho orgulho de dizer que disputava com feras que hoje são referências no esporte, como Rubens Donizete, Edivando Souza, entre outros, para poder representar o Brasil em Mundial e Pan-americano. Com a experiência que tenho hoje, não teria parado. Faria algumas coisas diferentes para poder continuar, pois o que me fez parar foi a falta de salário e precisava trabalhar.

NP: Acha que o ciclismo será um esporte com mais história e reconhecimento no futuro?
MR: Sim. Esporte lindo de assistir e é muito atraente. Todos que entram nele se encantam e traz mais um amigo para ser encantado também. Está crescendo muito, e as pessoas já estão olhando com outros olhos nosso esporte .

NP: Qual a vitória mais importante da sua carreira, e por que foi a mais importante?
MR: Foi o Mundial Máster de 2012. Onde briguei com o italiano Máximo Folcarelli a prova toda, por pouca diferença de tempo, onde fiquei com ele na mira a corrida toda. Fiz de tudo e não consegui superá-lo. A mais importante da minha carreira, porque foi a que mais me dediquei aos treinos e por isso larguei com uma paz e tranquilidade de trabalho cumprido, mas ainda não consegui vestir a camisa da UCI.

NP: Há algum objetivo que tenha planeado na sua vida que queira ainda conquistar?
MR: O sonho que tenho é ser campeão mundial. E estou trabalhando para isso.

NP: Para as pessoas que não o conhecem, como se descreve como pessoa ? E como atleta?
MR: Eu sou muito tranquilo, calmo, observador e alegre. Admiro as pessoas que buscam seu objetivo trabalhando duro e com empenho. Como atleta sou muito competitivo, não gosto de jogar sujo, sou disciplinado com meus treinos, alimentação e sono. Sempre busco a perfeição.

NP: Como é sua preparação em rigor aos treinos? Quem realiza seu acompanhamento profissional?
MR: Atualmente eu sou meu preparador físico, e técnico. Sou formado em Educação Física e administro minhas planilhas, sempre visando picos em provas importantes.

NP: Você esta na liderança da CIMTB? O que isso representa para você?
MR: Representa uma satisfação enorme para mim, por ser a prova mais disputada do Brasil e todos almejaram esse lugar onde me encontro hoje. Largar com a camisa amarela é muita responsabilidade e tenho que honrar esse momento brilhante na minha vida.

O atleta agradece a sua esposa e a tua filha por sempre o apoiarem. Aos seus amigos que sempre estão vibrando por ele e aos seus parceiros da Equipe da ICE , aos patrocinadores, ICE RACING TEAM, PraQuemPedala e Unibike.
Nossa equipe agradece o carinho e paciência que você Marconi Ribeiro tem conosco. Sucesso na sua jornada , que a cada novo dia seu talento possa concretizar uma nova história nessa caminhada belíssima em seu mundo fascinante pelo ciclismo. E obrigado desde já por aceitar o nosso convite.

Entrevista realizada por Giovanna Soares.