Marconi Ribeiro de Brasília (DF) fez história ao faturar o título no cross triathlon no Havaí. Entre as mulheres, destaque para a mineira Isabella Ribeiro top 15 no planeta, confira.

Os atletas Marconi Ribeiro e Isabella Ribeiro não são irmãos, mas têm muito em comum. Mesmo sobrenome, alto rendimento e os dois melhores resultados de brasileiros no Campeonato Mundial XTerra, realizado no final de outubro de 2017 em em Kapalua, Maui, Havaí.

Marconi fez o tempo de 3 horas e 53 segundos. Vice campeão mundial máster de MTB, Marconi fez um excelente trecho de bike, ficando entre os 20 ciclistas mais rápidos da competição geral.
“Minha história no Xterra começou no final do ano passado 2016, fazendo treinos de transição para o mountain bike, fazendo natação e corrida. Aí em Janeiro rolou uma prova de cross triathlon em Brasília (DF) e como sempre quis fazer uma prova de triathlon, ainda mais off-road, me inscrevi para me divertir. Aí fui 3º geral e o primeiro na categoria.

Me animei, mas meu maior receio era a natação. Corri em Ilhabela, ganhei a prova na categoria e fui o segundo melhor atleta amador. Ganhando a vaga para o Mundial”, comenta Marconi Ribeiro, que já tem uma carreira consagrada no MTB e direcionou o foco dos treinos para prova no Havaí.

“Minha estratégia era seguir o pessoal na natação, meu grande desafio já que todos me diziam que o mar no Havaí era muito forte e perigoso. Felizmente o mar estava mediano. Então consegui sair da água em nono colocado, acredito, busquei todo mundo no mountain bike e saí para correr em primeiro” descreve Marconi, também conhecido como “Cabelera”, que alcançou o título mundial no XTERRA e agora busca a camisa arco-íris no MTB já que tem duas medalhas de bronze.

Assista ao vídeo de Marconi no XTERRA

Bella é fera
Isabella Ribeiro da equipe Specialized Racing BR alcançou seu grande objetivo da temporada, melhorar sua marca no Mundial.

“Foi uma prova maravilhosa sob o cenário da ilha de Maui. Competi contra as atletas do mais alto nível do mundo. Busquei minha colocação na bike que tinha um percurso muito técnico e divertido, terminei a corrida em 15º lugar no geral feminino” – comentou Isabella Ribeiro, bastante satisfeita com o resultado, com o tempo 3 horas, 40 minutos e 04 segundos, ainda conquistando um top 5 na categoria 35-39 anos.

Mais de 800 atletas, de 52 países participaram do desafio de resistência, com 1.600m de natação, 32KM de MTB e 11 km de corrida, que contou com mais de 1.200m de altimetria acumulada.