Vamos iniciar mais uma série de artigos sobre Treinamentos, dessa vez vamos abordar as principais fases do treinamento.

 

Num planejamento de treino, temos 3 fases principais: Base, Construção e Específicos. Passar por todas essas fases é fundamental para atingir uma performance de alto nível e evoluir a cada temporada de treinamento.

 

Inicialmente vamos tratar de forma superficial sobre os fundamentos de cada fase, e posteriormente faremos um artigo sobre cada fases dando mais enfase a cada fase do treinamento.

 

Faremos aqui um breve relato sobre cada fase abordando os mesmos temas: Intensidade, Carga de treino, Foco e Abordagem

Base

Comece com uma base aeróbica forte

Para ser um atleta de ponta, ou para você que quer evoluir no passo a passo do ciclismo é obrigatório começar com uma base forte de condicionamento físico. A Base vai te ajudar a desenvolver as habilidades “essenciais” do ciclismo para o restante de sua temporada. Nessa fase você passará por resistência aeróbica, treinos de força e exercícios educativos de habilidades básicas, bem como a força física e equilíbrio mental necessário para competir.

 

Intensidade

Treinos aeróbicos em sua maior parte. Progressivos visando evolução contínua começando lentamente e aumentando com o passar do tempo.

Carga de Treino

Muitos aeróbicos, em Z2, com alguns intervalos curtos em Sweet Spot e VO2 Máx te preparando para intervalos de maior intensidade nas próximas fases.

 

Foco

Aumento da capacidade aeróbica, mecânica de pedal, habilidades básicas e técnicas específicas da sua modalidade.

 

Abordagem

Recuperação mais longa com introdução progressiva de estresse em treinamentos intervalados.

 

Construção

Aqui começa uma evolução das suas aptidões individuais para o ciclismo

Iniciamos a busca por ganhos significativos de condicionamento físico visando melhorias na sua performance. Na fase de construção os treinos começam a exigir mais de você. Com a evolução dos treinos, você já deve começar a competir em sua disciplina específica de ciclismo – Estrada, Circuito, MTB (XCO, XCM)

 

Intensidade

Treinos com algumas séries em alta intensidade para aumentar seu endurance, e estabelecer um novo patamar.

 

Carga de trabalho

Treinos intervalados buscando obter ganhos significativos e duradouros de performance.

 

  Veja Também

 

Foco

Treinamento focado na disciplina específica escolhida pelo atleta, com intervalos de velocidade, realizando assim, a supercompensação.

 

Abordagem

Um combinação de resistência e velocidade para produzir as aptidões de desempenho em corridas.

 

Específicos

Aqui é a fase em que se faz o “ajuste fino do motor”

A parte específica é única para cada corrida alvo de sua temporada. É a fase em que se concentra em treinar as suas melhores habilidades para a corrida alvo da temporada. Ou seja, se você é bom de subida não é hora de treinar sprint, ou vice e versa. Conforme o dia da corrida se aproxima, seus treinamentos diminuem para diminuir a fadiga e melhorar a sua forma física, para que você esteja descansado e pronto no dia da corrida.

 

Intensidade

Treinos totalmente específicos, focados diretamente na sua corrida alvo, seja ela de circuito, MTB ou Granfondo.

 

Carga de trabalho

Normalmente exercícios em pirâmide, com diminuição da carga de forma gradativa, chegando ao pico de performance e reduzindo a fadiga.

 

Habilidades

Treinos específicos simulando condição de corrida, fortalecendo a força mental para o dia do evento.

 

Abordagem

Preparação em alto nível, em regra acima do esperado nos eventos criando uma vantagem extra para o dia da competição.

 

Em breve os artigos com o detalhamento de cada fase do treinamento.

 

Qualquer dúvida nesse artigo ou sugestão de temas nos mande nos comentários.

 

Para informações sobre como nos mandar produtos ou parcerias, mande um e-mail para: comercial@marconiribeiro.com.br

Compartilhe este post: